emoze

emoze 2.03.15

Contas de e-mail em tempo real no celular

emoze é um serviço grátis para enviar e receber e-mail push. A mensagem chegou na caixa de entrada e, imediatamente, você recebe uma notificação. Ler descrição completa

PRÓS

  • Grátis
  • Centraliza e-mails no celular
  • Compatível com vários protocolos diferentes

CONTRAS

  • Apenas em inglês

Muito bom
8

emoze é um serviço grátis para enviar e receber e-mail push. A mensagem chegou na caixa de entrada e, imediatamente, você recebe uma notificação.

Quem não tem tempo a perder nunca, sabe como é chato esperar que os clientes de e-mail atualizem a caixa de entrada de mensagens. Infelizmente, esta é uma limitação de alguns protocolos de correio. O e-mail push, pelo contrário, é rapidinho: chegou e-mail ele avisa.

emoze é um programa para enviar e receber e-mails sem atraso no seu celular Symbian. Funciona como um centralizador de mensagens, além de ser totalmente grátis. Evidente que para acessar o emoze, é preciso ter conexão à internet no telefone.

Você já tem um bom pacote de dados então não tem com o que se preocupar: o emoze é bem fácil de usar e funciona muito bem. Além de ler e-mails, você tem acesso a contatos, tarefas e eventos que estiverem na sua agenda. A conexão com os servidores é intermitente e, se ainda assim não for suficiente, você pode atualizar mensagens manualmente.

emoze é compatível com Microsoft Outlook, Microsoft Exchange, Lotus Notes Domino e contas POP3 como Yahoo! ou Gmail. Além disso, permite acessar múltiplas contas. Insira nome de usuário e a senha e o emoze já começa a trabalhar. Depois também configure o que quiser sincronizar como a caixa de entrada, o calendário e os contatos. Com o emoze você lê seus e-mails onde quiser e rapidinho.

emoze

Download

emoze 2.03.15

— Opinião usuários — sobre emoze

  • edmilsom

    por edmilsom

    "se vc baixa e istalar nunca mais vaidexar de usar"

    magavilhoso muito bom eu gstei tanto q/ tou falando atoa basta ter paciencia e depois é só gosar so usando o emoze ele ... Mais.

    escrito em 9 de junho de 2009